Saúde
Campanha de Vacinação contra o Sarampo continua até sexta-feira
Cotidiano 22/10/2019 05:55

Aconteceu no último sábado (19), o Dia “D” da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Na oportunidade todas as Unidades de Saúde, nos 75 municípios sergipanos, abastecidas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Gerência de Imunização, estiveram abertas exclusivamente para vacinar e atualizar os cartões de vacinação das crianças de seis meses a menores de cinco anos.  A campanha que começou no dia 7 de outubro, continua até o dia 25.

De acordo com a gerente de Imunização da SES, Sândala Teles, apesar de ter sido um dia bem movimentado em todos os municípios, ainda não é possível coletar, no Departamento de Informática do SUS (DataSUS), do Ministério da Saúde (MS), dados que informem a quantidade de crianças vacinadas.

“Os municípios trabalharam, arrumaram suas salas de vacina para aguardar a população e foi um dia bastante movimentado, mas nós não temos, por enquanto, os dados de quantas crianças foram vacinadas até agora. Como é uma vacinação de rotina, que cai no sistema de informação do dia a dia do município, esses dados só serão apurados no final do mês, quando é fechado e enviado ao DataSUS, e então, no inicio do mês seguinte, teremos o retorno com o resultado da nossa campanha. Isso acontece porque a campanha não é indiscriminada, ou seja, aquela em que toda criança recebe mais uma dose da vacina, mas sim seletiva que atualiza dados de rotina”, explicou Sândala.

A gerente informou, ainda, que a segunda etapa da Campanha começará em 18 de novembro e se estenderá até o dia 30 do mesmo mês que será, também, o dia ‘D’. O público alvo, nesta fase, será a população de 20 a 29 anos.

“Nós ainda temos até sexta-feira, 17h, para que aqueles que não tiveram oportunidade de procurar a Unidade de Saúde no sábado, procurem nesta semana para atualizar o esquema de vacinação da sua criança. O sarampo já está aí circulando, e estamos tentando que ele seja bloqueado, e que não ocorram mais casos em nosso estado e, para que a criança esteja livre do sarampo ela precisa estar vacinada. É responsabilidade dos pais e mães proteger suas crianças porque a única maneira de prevenção é a vacina”, disse a gerente.

O sarampo, caracterizado por febre, erupção avermelhada na pele e problemas respiratórios, é uma doença viral altamente contagiosa que pode deixar sequelas e, em casos graves, ser fatal. A transmissão acontece de pessoa para pessoa, através de secreções expelidas pela tosse, espirro, respiração, e o período de incubação, que é o tempo entre contágio e o aparecimento dos sintomas, tem, em média, 12 dias. Porém a transmissão pode ocorrer antes do aparecimento dos sintomas e o único meio de prevenção é a vacina tríplice viral que protege, também, contra a rubéola e a caxumba.

 

Fonte: Ascom SES

Mais Notícias de Cotidiano
13/11/2019 09:30 Policial é suspeito de atirar em homem durante confusão em Aracaju
"Ele colocou o carro por cima do policial, que revidou", diz testemunha
13/11/2019 07:16 Governo vai convocar aprovados no concurso de agente prisional
13/11/2019 07:09 Petrobras vai transferir atividades administrativas para Carmópolis
Mudança visa otimização de custos em processos e atividades, diz estatal
13/11/2019 07:05 Vias em obras continuam em meia pista nesta quarta-feira
12/11/2019 18:55 Governo realiza oficina sobre segurança de barragens
Evento propõe discutir implementação da Política Nacional de Segurança de Barragens