Colegas de farda lamentam a morte do delegado Marcelo Hercos | F5 News - Sergipe Atualizado

Colegas de farda lamentam a morte do delegado Marcelo Hercos
Policial foi baleado no dia 21 de setembro durante uma abordagem na zona sul da capital
Cotidiano | Por Will Rodriguez e Laís de Melo 17/10/2021 12h51 - Atualizado em 18/10/2021 12h08

A morte do delegado Marcelo Hercos, 42 anos, pegou a todos de sobressalto e provoca intensa comoção entre os sergipanos. Vítima de um atentado durante uma abordagem na Zona de Expansão de Aracaju, o delegado estava internado há 26 dias em um hospital particular, na busca por se recuperar dos ferimentos à bala.

Hercos integrava os quadros da Polícia Civil há quase uma década e meia. Neste tempo, teve sua atuação destacada nos cargos de Delegado Regional de Itabaiana e das cidades de Boquim, Pedrinhas, Porto da Folha, Japaratuba, Pirambu e 9ª Delegacia Metropolitana, no bairro Santa Maria, em Aracaju. Ele também atuava em apoio à Delegacia de Proteção Animal e Meio Ambiente (Depama) nos municípios do interior de Sergipe.

O servidor público possuía formação em Direito, com especializações em Direito Penal e Processual Penal e Gestão Estratégica de Segurança Pública.

O delegado-geral da Polícia Civil, Thiago Leandro, ressaltou que a “partida do jovem e talentoso delegado deixa uma lacuna na Polícia Civil, mas sua história de coragem, destemor e de grandes serviços prestados ao povo de Sergipe jamais será esquecida”.

A delegada Danielle Garcia prestou homenagem ao colega de farda por meio das redes sociais. No texto, ela cita que recentemente havia tirado um plantão ao lado de Hercos e que conversaram muito sobre política, injustiças e as condições de trabalho. “É difícil e muito doloroso acreditar, mas você cumpriu a sua poderosa missão aqui na Terra e agora vai estar em paz no céu… na certeza que a sua passagem aqui será sempre lembrada pela sua determinação, simplicidade e força”, escreveu. 

A vice-prefeita de Aracaju, Katarina Feitosa, também se manifestou nas redes sociais pela morte do delegado. “Perder alguém é sempre muito triste. Perder alguém como Marcelo Hercos e nas circunstâncias em que a perda ocorreu, é infinitamente mais doloroso. O que nos consola depois de tantas noites e tantas orações é saber que você foi recebido pela espiritualidade amiga, onde viverá para sempre”, disse Feitosa. 

Para o delegado Mario Leony, Sergipe e a Polícia Civil perderam um brilhante profissional, e que era para ele um colega muito querido. Leony conta que foi acolhido por Hercos, e que em diversos momentos o delegado “se mostrou tão solidário com as lutas, principalmente no ambiente tóxico e reacionário da polícia”. 

O governador do Estado, Belivaldo Chagas, também prestou homenagem ao policial nas redes sociais. “Um jovem e preparado delegado que deixa uma lacuna na PCSE após mais de 15 anos de atuação, sempre com grande destemor, e que deixa um legado de serviços prestados na Segurança Pública do Estado, garantindo a paz nos lares sergipanos”, disse o gestor. 

“Que os bons anjos o recebam e o acolham. Aos familiares e amigos, meus sentimentos e desejo de que Deus possa confortá-los nesse momento tão difícil”, disse a vice-governadora, Eliane Aquino, em nota de pesar.

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Chuvas em novembro superam média histórica em Aracaju
27/11/2021  12h14 Chuvas em novembro superam média histórica em Aracaju
Energisa desmente fake news sobre manutenção programada em Sergipe
27/11/2021  12h04 Energisa desmente fake news sobre manutenção programada em Sergipe
Vazamento abre cratera e carro é engolido na zona de expansão de Aracaju
27/11/2021  08h53 Vazamento abre cratera e carro é engolido na zona de expansão de Aracaju
Ex-presidiário morre em confronto com policiais do Denarc em Aracaju
27/11/2021  07h00 Ex-presidiário morre em confronto com policiais do Denarc em Aracaju
Agência Sergipe/Reprodução
26/11/2021  22h00 Sergipe registra 5 casos de Covid e um óbito nesta sexta-feira (26)