Em Sergipe, mais de 60 crianças aguardam pela adoção de uma nova família | F5 News - Sergipe Atualizado

Filhos do Coração
Em Sergipe, mais de 60 crianças aguardam pela adoção de uma nova família
Conheça o passo a passo para dar à criança a condição de filho ou filha biológico
Cotidiano | Por Will Rodriguez 25/05/2021 06h00 - Atualizado em 25/05/2021 07h55

Luana tinha apenas cinco anos quando William e Jussara Alves a viram pela primeira vez em um abrigo do interior sergipano. ‘Ela nos escolheu’. É assim que o casal de mineiros, hoje vivendo em Aracaju, define o processo que deu à menina de olhos vívidos, sorriso largo e cabelos cacheados a condição de filha biológica. 

Embora já tivessem dois filhos, fruto do casamento de 30 anos, a chegada de Luana foi transformadora. Desde o namoro, eles já pensavam na adoção, mas quando tomaram a iniciativa estavam desprovidos de pré-requisitos. 

“A gente não sabia se queria um menino ou uma menina, mas queríamos uma criança mais velha porque já tínhamos tido a experiência com bebê. Eu lembro perfeitamente, a Luana nos escolheu. Ela era miudinha, miudinha, uma menina alegre, muito esperta, que cativou uma amizade em nossas visitas ao abrigo e, logo depois, chegou para alegrar nossa casa toda espoleta, falante”, conta Jussara.

Como envolve diversos sentimentos e procedimentos legais, a adoção torna-se um processo bastante complexo e que precisa ser norteado pela motivação de dar uma família a uma criança - como fez o casal William e Jussara - e não de dar uma criança a uma família.

"Nós cultivamos sempre uma postura correta em nosso coração, porque sabíamos que a disposição de ter uma filha não seria para atender alguma necessidade nossa, mas às dela. É um amor incondicional, uma experiência marcante, com todos os desafios, mas sabemos que estamos construindo uma família abençoada”, diz William.

À espera 

O Dia Nacional da Adoção é celebrado nesta terça-feira (25). Atualmente, 69 crianças aguardam um vínculo familiar em Sergipe, de acordo com dados do Cadastro Nacional de Adoção (CNA), coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Destas, 39 estão disponíveis e outras 30 já iniciaram o processo de conhecer uma nova família.

O número de adultos pretendentes no estado é bem maior: 494 pessoas estão habilitadas, sendo 468 disponíveis e 26 vinculadas. Segundo o artigo 19 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), toda criança ou adolescente tem o direito a ser criado e educado no seio de sua família e, excepcionalmente, em família substituta.

Há os que chegam ainda bebês, com dois ou três meses de idade. Outros, já crescidinhos, com 10 anos ou mais. Alguns passam pouco tempo nas unidades de acolhimento, mas também há quem fique a infância e a adolescência inteiras, esbarrando, não raras vezes, em burocracias judiciais que os impedem de integrar uma nova família.

“De uma forma geral o processo de adoção não é demorado, ele é burocrático, o que é perfeitamente compreensível, tendo em vista que estamos tratando da segurança de uma criança, muitas vezes com histórico de abandono, violência, maus tratos ou abusos. O processo deve envolver o máximo de segurança possível ao bem estar do adotado”, ponderou o advogado Emanoel Almeida Teles Barreto, especializado em direito de família, em entrevista recente ao F5 News.

O processo de adoção segue uma série de etapas. Para facilitar a explicação, o Poder Judiciário elaborou um guia que conta o passo a passo para adotar um filho ou uma filha:


 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Sergipe tem 16 casos novos de Covid-19 e um óbito registrado
23/09/2021  21h20 Sergipe tem 16 casos novos de Covid-19 e um óbito registrado
 ASN/Reprodução
23/09/2021  18h00 Governo do Estado planeja ações para mitigar os efeitos da seca
Justiça confirma prisão preventiva dos envolvidos no crime contra delegado
23/09/2021  17h35 Justiça confirma prisão preventiva dos envolvidos no crime contra delegado
Rede Social/Reprodução
23/09/2021  17h09 Chef de cozinha Luciano Moreira morre em acidente de trânsito em Aracaju
Sergipe confirma mais três casos da variante Delta do novo coronavírus
23/09/2021  16h41 Sergipe confirma mais três casos da variante Delta do novo coronavírus