Brasileiro sentirá alta de juros antes de ver efeitos sobre a inflação | F5 News - Sergipe Atualizado

Brasileiro sentirá alta de juros antes de ver efeitos sobre a inflação
Selic de 12,75% está no maior nível desde janeiro de 2017, quando taxa era de 13%
Economia | Por Metrópoles 05/05/2022 11h35


Mesmo após o Banco Central anunciar nova alta na taxa Selic – que constitui o principal instrumento de política monetária nacional para enfrentar a inflação –, os efeitos da medida não devem ser vistos de forma imediata. Segundo especialistas ouvidos pelo Metrópoles, os resultados dos sucessivos aumentos da taxa básica de juros poderão ser observados na economia brasileira a partir de um período estimado entre seis e nove meses.

Na quarta-feira (4/5), o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, por unanimidade, elevar a taxa Selic de 11,75% ao ano para 12,75% ao ano – alta de um ponto percentual. É o maior nível desde janeiro de 2017, quando esse índice estava em 13%.

Confira a trajetória da Selic e os impactos para o consumidor no Metrópoles, parceiro de F5News

Mais Notícias de Economia
Rovena Rosa/Agência Brasil
04/07/2022  17h40 Demanda por voos domésticos tem queda de 2,5% no Brasil em maio
Investimentos de fundos árabes no Brasil atingem US$ 20 bilhões
04/07/2022  14h45 Investimentos de fundos árabes no Brasil atingem US$ 20 bilhões
IPC-S recua em quatro capitais de maio para junho, diz FGV
04/07/2022  09h45 IPC-S recua em quatro capitais de maio para junho, diz FGV
Valor dos combustíveis devem ser reduzidos em Sergipe
02/07/2022  16h45 Valor dos combustíveis devem ser reduzidos em Sergipe
UFS informa desligamento de ar condicionado nos campi para economizar
02/07/2022  07h40 UFS informa desligamento de ar condicionado nos campi para economizar