Fábrica de cimento deve gerar mais de 10 mil empregos em Maruim
O investimento deve ultrapassar R$ 1 bilhão de reais, de acordo com a empresa
Economia 22/10/2019 13h08

Com a participação de cerca de 400 pessoas, aconteceu na noite desta segunda-feira (21), no Clube Municipal João Gonçalves dos Santos, em Maruim/SE, audiência pública com objetivo de apresentar o projeto de instalação da fábrica de cimento e mina de calcário e argila no município de Maruim. A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), responsável pelo projeto, estima gerar 2.500 empregos diretos e outros 10 mil durante a construção da fábrica. Na produção, a previsão é que sejam gerados 500 empregos diretos e 2 mil indiretos.

Durante a explanação, o gerente ambiental da CSN, Alexandre Ferreira, explanou sobre a necessidade da mina para retirada de calcário e da argila, que são minerais utilizados na fabricação do cimento. A expectativa é que a fábrica tenha capacidade de produzir por ano cerca de 4 milhões de toneladas de matéria-prima. Além disso, o gerente explicou que esta execução mudará o cenário econômico local e estadual, pois outras empresas devem ser instaladas com objetivo de fornecer materiais, serviços e outras atividades diretas e indiretas a Companhia Siderúrgica Nacional.

A CSN contratou uma empresa, que fez análise para identificar os impactos, que poderão ser causados na região. A empresa pretende realizar programas socioambientais; monitoramento da qualidade do ar, das águas e do solo; recuperação de áreas impactadas; auditorias ambientais; monitoramento de ruídos e compensação ambiental. O investimento de mais de R$ 1 bilhão de reais é a garantia de uma produção a seco, sem usar água, que favorece a diminuição do consumo de energia e combustíveis, muito importante para redução de poluição no ar.

O prefeito de Maruim Jeferson Santana não escondeu sua alegria durante discurso na audiência pública. “Com muita alegria, externo votos de agradecimentos aos empresários e ao Governo de Sergipe, que não mediram esforços na viabilização de projeto em Maruim. A partir da instalação desta fábrica, será um divisor do antes e depois, um marco na história do município, que deve gerar empregos e transformar consideravelmente a vida de milhares de maruinenses e moradores de áreas adjacentes”, afirmou.

O secretário de Indústria e Comércio do Município de Maruim, Jackson Andrade, também destacou, que o município vem buscando atrair outros investimentos, que somados devem melhorar a qualidade de vida da população. “Quando iniciamos os primeiros contatos com os representantes da CSN, tivemos a certeza que ali nascia um grande empreendimento por conta da seriedade e da credibilidade de uma empresa que tem experiência no mercado e tem o respeito dos investidores. Também ressalto o apoio incondicional do Governo do Estado neste projeto, que a partir do nosso portfólio cadastrado na Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), sugeriu investimentos para o nosso município, destacou o secretário municipal.

A fábrica de Maruim será a primeira da CSN no Nordeste e a terceira em todo o país. De acordo com representantes da empresa, a unidade de Maruim deve ser construídas nos moldes da unidade instalada em Arcos/MG.

A audiência reuniu autoridades, empresários e representantes das comunidades envolvidas no projeto. O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, José Augusto Pereira de Carvalho, representou o governador do Estado, Belivaldo Chagas. 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Mais Notícias de Economia
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
28/03/2020  14h34 Governo lançará linha de antecipação de pagamento a fornecedores
Os gastos governamentais com fornecedores chegam a R$ 48 bilhões por ano
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
28/03/2020  13h30 Banco Central poderá pedir justificativa se bancos negarem crédito
Pequenas e médias empresas têm linha para financiar folha de pagamento
Foto: Carolina Antunes/Presidência da República
27/03/2020  13h12 Governo anuncia linha de crédito a pequenas e médias empresas
Medida atinge 1,4 milhão de empresas e 12,2 milhões de trabalhadores
Comércio está fechado até 17 de abril (Foto: cedida ao F5 News)
27/03/2020  12h18 Lojistas fazem ato pela reabertura gradual do comércio de Aracaju
Entidades dizem que há tratativas, mas que prazo de fechamento precisa ser reavaliado
Sebrae oferece plataforma para anúncio de produtos e serviços
27/03/2020  11h37 Sebrae oferece plataforma para anúncio de produtos e serviços
Ferramenta está disponível de maneira gratuita para os empreendedores