Petrobras e Sergipe firmam protocolo para comercialização de gás natural | F5 News - Sergipe Atualizado

Desenvolvimento
Petrobras e Sergipe firmam protocolo para comercialização de gás natural
Objetivo é atrair para o Estado potenciais investidores na cadeia do insumo
Economia | Por F5 News 13/06/2022 13h36

Na manhã desta segunda-feira (13), foi assinado um Protocolo de Intenções entre o Governo de Sergipe e a Petrobras, referente à futura produção de gás natural no Estado a partir do projeto Sergipe Águas Profundas (SEAP). 

O instrumento tem como objetivo despertar o interesse de potenciais investidores ou grandes consumidores de gás natural em contratar o suprimento a partir de contratos a longo prazo, visando estimular o desenvolvimento industrial do Estado.

O documento foi assinado pelo governador Belivaldo Chagas e pelo diretor de Refino e Gás Natural da Petrobras, Rodrigo Costa, às 10h30 desta manhã no Palácio dos Despachos, em Aracaju. 

Estiveram presentes à solenidade o superintendente da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia (Sedetec), Marcelo Menezes; o presidente da Sergas, Valmor Barbosa; o deputado federal Laércio Oliveira - relator na Câmara Federal da chamada Lei do Gás - e o presidente da empresa integrada de energia EnP, Márcio Félix, entre outras autoridades.

Segundo o governador Belivaldo Chagas, a iniciativa se deve à estimativa de que haja uma grande produção de gás em Sergipe a partir de 2026. “Por isso se faz necessário buscar a destinação do recurso desde já. Neste sentido, temos trabalhado ativamente para que Sergipe possa atrair empreendimentos que sejam grandes consumidores de gás", declarou.

Na ocasião, Belivaldo agradeceu às demais autoridades presentes e aos gestores da Petrobras pelo incentivo destinado ao Estado.

O diretor de Refino e Gás Natural da Petrobras, Rodrigo Costa, afirmou que o Protocolo de Intenções é um passo muito importante tanto para a Petrobras quanto para Sergipe e o novo mercado de gás brasileiro. 

“Esse passo tem que ser dado agora, em paralelo às atividades de desenvolvimento da produção que estão em curso. É o novo gás que está chegando, trazendo geração de emprego e renda, seja para o estado ou para o Brasil.”, afirmou Rodrigo Costa.

Para Marcelo Menezes, superintendente da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia (Sedetec), o Protocolo é uma medida fundamental para a atração de empresas e investimentos.  “O que a Petrobras faz nesse momento é sinalizar que haverá o gás e que está disposta a firmar contratos, de maneira a garantir o suprimento do novo empreendimento que venha aqui se instalar”, afirma.

O superintendente aponta ainda que, apesar de, no momento, o foco da distribuição ser Sergipe, a produção de gás poderá ser destinada também aos demais estados da região Nordeste.

Para o deputado federal Laércio Oliveira, relator da Lei do Gás, que regulamentou o setor do gás natural para aumentar a sua competitividade, a iniciativa proporcionará um maior desenvolvimento do mercado em Sergipe. “É o primeiro passo para que a gente concretize tudo que aconteceu e que nós construímos a partir da Lei do Gás. Novos tempos virão: tempos felizes, tempos prósperos e de muito crescimento para o nosso estado”, disse o deputado.

Márcio Félix, presidente da EnP, acredita que essa é a confirmação de que Sergipe se tornou um ponto muito importante na produção de gás natural para todo o país, visto que é estimado que o estado tenha uma produção diária superior a 18 milhões de metros cúbicos.

“É uma produção significativa, mais os 20 milhões que vem por gás natural liquefeito. Esses 38 milhões de metros cúbicos que vão chegar aqui colocam Sergipe em uma posição muito competitiva para atrair novas indústrias”, considerou Márcio Félix.

O presidente da Sergas, Valmor Barbosa, destaca que essa oferta de gás será destinada para uma diversidade de indústrias. “Imagine a importância desse volume para abastecer todas as fábricas que utilizam o gás natural, a distribuidora local, que é a Sergas, e ainda mandar esse gás para outros estados”, afirmou.
 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Economia
Agência Brasil/ Reprodução
19/08/2022  17h00 BNDES lança inclusão de MEIs em programa emergencial de crédito
Incra/Reprodução
19/08/2022  14h12 Sergipe registrou mais de 10 mil titulações de terra desde 2019
Agência Brasil / Reprodução
18/08/2022  20h00 Alta taxa de juros impacta mercado brasileiro; entenda prós e contras
SergipeTec/ reprodução
18/08/2022  19h00 SergipeTec lança edital focado no desenvolvimento de startups do Agro
Aeroporto de Congonhas/Agência Brasil
18/08/2022  16h50 Única empresa a apresentar proposta, Aena leva Aeroporto de Congonhas