Quase R$ 8,00: aumento repentino da gasolina em Aracaju preocupa motoristas | F5 News - Sergipe Atualizado

Quase R$ 8,00: aumento repentino da gasolina em Aracaju preocupa motoristas
Na capital, essa é a média do preço do litro do combustível
Economia | Por F5 News 12/05/2022 11h45 - Atualizado em 13/05/2022 08h38


Após cerca de um mês apresentando estabilidade, os motoristas se depararam esta semana com reajuste do preço da gasolina pela Petrobras para as distribuidoras. Em Aracaju, o litro do combustível está custando, em média, quase R$ 8,00. 

O secretário Executivo do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Sergipe (Sindpese), Maurício Cotrim, explica que o reajuste oficial foi de 8,8% e que, de fato, os impactos já estão sendo sentidos.

"Já verificamos o aumento em alguns postos porque 70% da gasolina que todo o Nordeste consome são fornecidos pela refinaria de Mataripe , que fazia parte da Petrobras e que foi privatizada recentemente. A Acelen depende da política de preços da Petrobras. Tanto que já houve dois reajustes para a gasolina, um em 30 de abril e o dia 7 de maio. Diferente da Petrobras, que vem absorvendo essa defasagem, a Acelen, como ela independe, isso impactou no aumento de mais de 42 centavos no preço da gasolina", informou o secretário Executivo da Sindpese.

Cotrim ainda afirmou que o preço final é uma questão entre as distribuidoras e os revendedores. "Isso já tem impacto no nosso estado porque os revendedores só podem comprar diretamente das distribuidoras. A partir da atualização dos estoques das distribuidoras, esses repasses tendem a chegar nas bombas e, como os preços são livres, cabe a cada revendedor, de acordo com a sua estrutura de custo e dos seus estoques, fazer este repasse para as bombas", disse.

Desconforto

Motoristas apresentaram queixas sobre o aumento repentino do preço da gasolina na capital sergipana. "Eu acho um absurdo, o Brasil é muito importante quando a gente fala em petróleo, a nível mundial. Mesmo assim, nós pagamos tão caro. Com um salário mínimo que mal conseguimos comprar a cesta básica, é realmente um tiro no peito de todo o brasileiro", avalia Alan Gabriel Ribeiro, estudante de 19 anos. "Tenho que deixar meu salário no posto de gasolina", brinca.

Luca Piñeyro, artista de 29 anos, conta que não vê sentido em pagar essa quantia pelo combustível. "É praticamente criminoso a gente pagar o que está pagando por um produto que poderia estar sendo produzido inteiramente no Brasil. No final do ano passado, ou este ano, saiu um relatório dos lucros da Petrobras e, se eu não me engano, foi um dos maiores lucros da história", relatou Luca.

O lucro citado por Luca em seu depoimento refere-se aos dados da Generally Accepted Accounting Principles (GAAP), padrão contábil aceito pela Comissão de Valores Imobiliários dos Estados Unidos, analisados pelo Poder 360°, que afirma que a Petrobras tem o maior lucro entre as empresas petroleiras. O lucro se trata do mês de janeiro a março, e atinge cerca de U$ 8,6 bilhões ou R$ 44,6 bilhões.

Preço

Apesar da estabilidade em Sergipe, a variação não é uma novidade no Brasil, que vem sofrendo com a disparada do preço do combustível. Em alguns lugares do país, a gasolina já se aproxima de R$ 9,00.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a gasolina vendida nos postos sergipanos é a 5° cara do Nordeste e, apesar disso, a 15° mais barata do país. 
 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Economia
Agência Brasil/Reprodução
17/05/2022  10h45 Frete será revisto se valor do diesel variar a partir de 5%
Agência Brasil/Reprodução
17/05/2022  10h30 Inflação medida pelo IGP-10 recua para 0,10% em maio, diz FGV
Entrega de declarações do Imposto de Renda 2022 ultrapassa 22 milhões
16/05/2022  14h00 Entrega de declarações do Imposto de Renda 2022 ultrapassa 22 milhões
Pixabay
16/05/2022  12h10 Brasil tem 22 mil vagas em 158 concursos, com salários de até R$ 30 mil
Vinícius Schmidt/Metrópoles
16/05/2022  10h45 Cerca de 1,3 milhão de famílias aguardam pagamento do Auxílio Brasil