Belivaldo anuncia mudanças no IPES e na Administração Estadual | F5 News - Sergipe Atualizado

Belivaldo anuncia mudanças no IPES e na Administração Estadual
George Trindade é novo presidente do IPES e Dernival Neto, secretário da Administração
Política | Por F5 News 10/09/2021 18h16

O governador Belivaldo Chagas oficializou nesta sexta-feira (10) as mudanças que já vinham sendo ventiladas nos bastidores. Uma delas é a saída do médico Christian Oliveira da presidência do Ipesaúde, cargo agora ocupado por  George Trindade, que deixa a Secretaria de Estado da Administração.

Em uma postagem nas redes sociais, Belivaldo falou sobre a mudança e agradeceu os serviços prestados por Christian.

Com a mudança na Secretaria da Administração, chega para assumir o lugar de Trindade o advogado Manuel Dernival Santos Neto, que atualmente exerce o cargo de chefe do escritório de Sergipe em Brasília e tem grande experiência administrativa, com passagens pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), no governo Michel Temer; pela Emurb, Codise e Cohidro. Derninho, como é conhecido, é filho do ex-deputado federal Acival Gomes.

As respectivas posses devem ocorrer na próxima semana.

Mudanças no governo

A mudança mais recente no governo estadual aconteceu no mês passado, quando o ex-deputado Zeca da Silva assumiu a Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), no lugar de André Bomfim. 
 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Política
AAN/Reprodução
23/09/2021  15h34 Edvaldo sanciona lei de combate à pobreza menstrual nas escolas
Rafaela Felicciano/Metrópoles
22/09/2021  20h30 Câmara aprova isenção de IR para aposentados com sequelas da Covid-19
Foto: Agência Brasil/Reprodução
22/09/2021  14h07 Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Alese/Assessoria Parlamentar
22/09/2021  10h21 Deputada Diná Almeida tem mandato cassado por abusos de poder
Senado aprova PEC que flexibiliza gastos na educação em 2020 e 2021
21/09/2021  20h20 Senado aprova PEC que flexibiliza gastos na educação em 2020 e 2021