PSD Sergipe expulsa candidato flagrado com mais de R$ 15 mil na cueca
O flagrante foi feito na última quarta-feira, em Carira, no Agreste sergipano
Política | Por Saullo Hipolito 23/10/2020 15h45

O Partido Social Democrático em Sergipe (PSD-SE) optou, em comum acordo com o seu diretório em Carira, pela expulsão de seus quadros do candidato Edivan Messias dos Santos, vulgo Vanzinho. Ele foi flagrado pela Polícia Militar no Povoado Altos Verdes com R$ 15.300 dentro da cueca, na noite da última quarta-feira (22). Na ação policial também foi apreendido material de campanha.

A PM afirmou ao F5 News que a apreensão foi realizada após denúncia anônima, pelo número 190. O candidato foi conduzido à delegacia para esclarecimentos. Essa é a primeira vez que ele disputa um cargo eletivo no município.

Em nota, o Diretório Estadual do PSD afirmou que “não compactua com práticas de compras de voto ou quaisquer outras iniciativas não-democráticas e que desrespeitam o livre arbítrio da sociedade na escolha de seus representantes, sendo o seu maior compromisso com a verdade e a transparência junto ao povo sergipano”.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), ao ser questionado na quarta-feira (22) sobre a procedência do dinheiro, o candidato respondeu que havia recebido um pagamento na cidade de Itabaiana e pretendia usar o valor para comprar um veículo. Ainda conforme a pasta, Vanzinhoalegou que estava em campanha política junto ao candidato a prefeito da cidade, Dr. Robson. 

O próprio candidato a prefeito emitiu nota após a ocorrência e disse que esteve no povoado para visitar eleitores, mas não na companhia do adversário político. "Sempre fiz Política baseada na ética e no compromisso com as pessoas. A compra de votos é um crime detestável. Aliás, é uma prática comum de certos adversários. Há um que responde no TRE justamente por isso. Estou com minha consciência tranquila e peço para que as autoridades apurem com bastante rigor e que os verdadeiros culpados sejam punidos", declarou. 

Segundo a SSP/SE, a Polícia Civil está investigando o caso e realizando oitivas. Foi instaurado um inquérito policial, o candidato foi liberado e responderá ao processo em liberdade.

O F5News tentou ouvir o candidato a vereador, mas não conseguiu. O portal segue à disposição, caso ele queira se manifestar.

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Política
Vereadores negros são 6% do total de eleitos; brancos são 53%
21/11/2020  12h03 Vereadores negros são 6% do total de eleitos; brancos são 53%
Horário eleitoral gratuito começa hoje nas cidades que terão 2º turno
20/11/2020  08h25 Horário eleitoral gratuito começa hoje nas cidades que terão 2º turno
Edvaldo é 3º em ranking de mais votados nas capitais onde haverá segundo turno
19/11/2020  13h23 Edvaldo é 3º em ranking de mais votados nas capitais onde haverá segundo turno
Governo de Sergipe nega novas medidas de isolamento social após eleição
18/11/2020  09h09 Governo de Sergipe nega novas medidas de isolamento social após eleição
TSE diz que não deve ocorrer atraso nos resultados do segundo turno
18/11/2020  08h02 TSE diz que não deve ocorrer atraso nos resultados do segundo turno