Pesquisador apresenta panorama do mercado de grãos para a região da Sealba | F5 News - Sergipe Atualizado

Sealba Agro Show
Pesquisador apresenta panorama do mercado de grãos para a região da Sealba
Segundo especialista da USP, safra 2022/23 tem desafios devido a incertezas globais
Conteúdo Especial | Por Antonio Cardoso 12/02/2022 11h25 - Atualizado em 12/02/2022 11h52


Neste sábado (12), último dia do evento Sealba Agro Show, em Itabaiana (SE), aconteceu a palestra do pesquisador Mauro Osaki, do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP). O especialista afirma que a região delimitada entre Sergipe, Alagoas e Bahia tem um alto potencial para o setor, que enfrentará grandes desafios para a nova safra 2022/23. 

“Quando a gente fala de Nordeste no mercado de grãos, ainda falamos do oeste da Bahia. Mas a Sealba é uma nova fronteira agrícola com grande potencial. Ela se encaixa em um período temporário diferente, mais próximo do americano, que traz uma índice pluviométrico com uma exclusividade em suas características regionais”, disse Mauro Osaki

O pesquisador explicou que o carro-chefe da região é o milho, produzido, principalmente, para o mercado local. Mas a região de Itabaiana, onde o evento está sendo realizado, pode imprimir uma maior produção e suprir uma demanda de mercado ainda maior e com preços mais ajustados. 

Desafios para o mercado de grãos

Só que o setor ainda enfrenta desafios na nova safra 2022/23. De acordo com o Mauro Osaki, o principal empecilho é o aumento no valor dos fertilizantes que, praticamente, triplicou no mercado internacional, de janeiro a dezembro de 2021. 

Mas Sergipe tem se destacado com incentivo a esse setor. Desde a criação da “lei do gás”, até a inauguração da fábrica da Unigel, em Laranjeiras, até o apoio da indústria em todo o estado, que já conta com outras 7 unidades que produzem o insumo no território sergipano. 

Só que outro desafio apresentado pelo pesquisador pode ser causado pelo conflito bélico entre a Ucrânia e a Rússia. Segundo Mauro Osaki, “O país da Ucrânia é um grande exportador de milho, exatamente no período da colheita da região de Itabaiana, que pode ser que tenha um momento de menor oferta de nível internacional”. 

O palestrante afirma que o produtor deve estar atento a essas variantes. “Eu acho que esse ano, como vários anos, é desafiador, mas neste, em especial, o tabuleiro tem mais peças que podem se mexer muito e ao mesmo tempo, gerando uma grande incerteza”, completou Mauro Osaki. 

Sealba Agroshow

O Sealba Agroshow é um evento promovido pela Faese com a correalização do Sebrae Sergipe, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/Sergipe) e a Prefeitura de Itabaiana. A programação discute assuntos ligados à uma das áreas de maior potencial agrícola do país, que engloba os estados de Sergipe, Alagoas e Bahia.

O evento conta com patrocínio do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Governo de Sergipe, Banese, Banco do Nordeste e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

O portal F5News assina a cobertura editorial desta edição. 

  

Estagiário sob supervisão da jornalista Laís de Melo

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Conteúdo Especial
Governo de Sergipe investe em melhorias para beneficiar a vida dos sergipanos
18/05/2022  06h00 Governo de Sergipe investe em melhorias para beneficiar a vida dos sergipanos
Divulgação
12/04/2022  11h00 Governo lança Pró- Rodovias e investe em outras ações para melhorar a vida do sergipano
Startup sergipana é referência nacional de aprovação em Residência em Nutrição
30/03/2022  07h51 Startup sergipana é referência nacional de aprovação em Residência em Nutrição
Divulgação
04/03/2022  10h56 Mão amiga pró-sertão bacia leiteira auxilia milhares de famílias sergipanas na estiagem
Sealba Agroshow discute turismo rural, tendências do mercado pecuário e de grãos
13/02/2022  10h42 Sealba Agroshow discute turismo rural, tendências do mercado pecuário e de grãos